Buscar
  • calcariobelavista_1

Como o PRNT do Calcário pode influenciar o processo de correção do solo?

Atualizado: 20 de Nov de 2019

Você já se perguntou para que serve o Poder Relativo de Neutralização Total (PRNT) na hora de fazer calagem?

Ele traz informações importantes que podem te ajudar a economizar na compra de calcário.

Mais do que isso, conhecer o PRNT te auxilia a fazer uma calagem e, consequentemente, correção do solo mais eficaz.



Afinal, o que é PRNT?


O PRNT nada mais é do que o Poder Relativo de Neutralização Total. O PRNT depende do poder de Neutralização (PN) e da Reatividade (RE).

Poder de neutralização (PN): “Capacidade potencial total de bases neutralizantes contidas em corretivo de acidez, expressa em equivalente de Carbonato de Cálcio puro (%ECaCO3).”

Reatividade das partículas (RE): “Valor que expressa o percentual do corretivo que reage no solo no prazo de 3 meses.”

Poder relativo de neutralização total (PRNT): Conteúdo de neutralizantes contidos em corretivo de acidez, expresso em equivalente de Carbonato de Cálcio puro (%ECaCO3), que reagirá com o solo no prazo de 3 meses.

Como vimos, o Poder de Neutralização (PN) mostra a capacidade do corretivo em neutralizar a acidez.


Veja abaixo a relação de corretivos ao carbonato de cálcio.


Capacidade de neutralização relativa ao CaCO3 (ECaCO3):

o Carbonato de cálcio = 1,00

o Carbonato de magnésio = 1,19

o Hidróxido de cálcio = 1,35

o Hidróxido de magnésio = 1,72

o Óxido de cálcio = 1,79

o Óxido de magnésio = 2,48

o Silicato de cálcio = 0,86

o Silicato de magnésio = 1,00


Observe que, de acordo com as relações acima, 100 kg carbonato de magnésio por exemplo, apresentam ação equivalente a 119 kg de carbonato de cálcio.

A legislação prevê também um valor mínimo para o PN para a soma da % de CaO + % MgO e PRNT.


Você deve estar se perguntando: por que preciso saber tudo isso? Calcário não é tudo igual? A resposta é NÃO!


Isso porque, quanto maior o poder de neutralização do corretivo, maior será a quantidade de ácidos que ele vai neutralizar.

Observe pela tabela acima que o poder de neutralização mínimo da cal virgem é de 125. Assim, menor será a quantidade de produto que precisará ser comprado.


Poder relativo de neutralização é avaliado pelo valor de neutralização e reatividade das partículas Fonte: (RHS)

Reatividade das partículas (RE): Como calcular?


A reatividade de um calcário é dada de acordo com os valores abaixo:

A reatividade zero significa que estas partículas não têm efeito corretivo no período de 12 a 36 meses.


A fórmula utilizada para calcular a taxa de reatividade é:

RE = 0 x (ABNT 10) + 20 x (ABNT 10-20) + 60 x (ABNT 20-50) + 100 x (ABNT 50)


Parece complicado não é mesmo? Vamos ver com um exemplo para ficar mais claro!


Vamos imaginar que uma análise de um calcário apresente os seguintes resultados na parte granulométrica:


60% (0,60) passam na peneira com diâmetro de orifícios de 0,30 mm (peneira ABNT 50);

30% (0,30) são retidos na peneira 50, mas passam na peneira 20, que tem diâmetro de orifícios de 0,84 mm (peneira ABNT 20);

9% (0,09) são retidos na peneira 20, mas passam na peneira 10 que tem diâmetro de orifícios de 2 mm;

1% ficam retidos na peneira de 2 mm.


Com a fórmula, fazemos o seguinte cálculo:


RE = 0 x (ABNT 10) + 20 x (ABNT 10-20) + 60 x (ABNT 20-50) + 100 x (ABNT 50)

RE = 0 x (0,01) + 20 x (0,09) + 60 x (0,30) + 100 x (0,60)

RE = 0 + 1,8 + 18 + 60

RE = 79,8%

Ou seja, 79,8% das partículas do calcário vão reagir no solo em 2 a 3 meses.


Vamos ver agora como calcular o Poder Relativo de Neutralização Total!


Como calcular o PRNT?


Com os valores do PN e de RE, podemos calcular o PRNT do calcário.

A fórmula usada para este cálculo é:


PRNT = (PN x RE) / 100

Vamos supor que o PN do calcário seja de 67%, que é o mínimo exigido pela legislação brasileira para calcário agrícola. Então:

PRNT = (67 x 79,8) / 100

PRNT = 53%


Ou seja, uma tonelada deste corretivo terá o mesmo efeito na neutralização da acidez do solo que 530 kg de carbonato de cálcio puro e, finamente moído, em 2 a 3 anos.


Agora que já sabemos de onde vem os valores de PRNT que encontramos nas embalagens, vamos ver como ele pode influenciar na sua compra de calcário!

Como o PRNT influência na quantidade de calcário?


Vamos fazer aqui o cálculo da necessidade de calcário:


NC = [CTC x (V2 – V1) x (100 / PRNT)] / 100


Onde:

NC = Necessidade de calcário, em t ha-1;

CTC = CTC pH7 (capacidade de troca de cátions) em cmolc dm-3;

V2 = Porcentagem de saturação por bases desejada;

V1 = Porcentagem de saturação por bases atual do solo (encontrada na análise do solo);

PRNT = Poder Relativo de Neutralização Total (encontrado na embalagem do calcário).


Observe que o PRNT entra no cálculo de calagem.


O valor já vem informado na embalagem, então você não precisará fazer os cálculos apresentados anteriormente. Eles foram feitos para entendermos de onde vem os valores de PRNT.


Por exemplo, vamos supor que fizemos a análise de solo de uma área e que o V%, ou seja, a saturação de bases, seja de 50%.

Vamos supor também que o valor de referência que precisamos atingir seja de V% = 60%, e que a CTC do solo seja de 25 cmolc dm-3.


Assim, pela fórmula, na necessidade de calagem temos:


NC = [CTC x (V2 – V1) x (100 / PRNT)] / 100

NC = [25 x (60 – 50) x (100/53)] / 100

NC = 4,71 t ha-1


Agora vamos pensar que, na hora da compra do calcário, você tenha mais duas opções: um dos corretivos com PRNT = 70% e outro com PRNT = 90%.


Pelo cálculo teremos:

NC = [CTC x (V2 – V1) x (100 / PRNT)] / 100

NC = [25 x (60 – 50) x (100/70)] / 100

NC = 3,57 t ha-1

NC = [CTC x (V2 – V1) x (100 / PRNT)] / 100

NC = [25 x (60 – 50) x (100/90)] / 100

NC = 2,77 t ha-1


Observe que quanto maior o valor do PRNT do calcário, menor a quantidade que precisará ser comprada.


Com esses valores, basta multiplicar pelo preço da tonelada que cada produto está sendo vendido e conseguirá saber com qual deles terá a maior economia.

Dicas importantes sobre PRNT


Os calcários são classificados em faixas:

Faixa A – calcário com PRNT entre 45% e 60%;

Faixa B – calcário com PRNT entre 60,1% e 75%;

Faixa C – calcário com PRNT entre 75,1% e 90%;

Faixa D – calcário com PRNT superior a 90%.


Fique atento, pois calcários com PRNT menor que 45% não podem ser comercializados!


Conclusão


Neste artigo, você viu o quanto o PRNT é importante na hora da compra do calcário. Assim, você pode economizar usando essa informação.


Também mostramos como calcular o poder relativo de neutralização total, o poder de neutralização e a reatividade das partículas.


Então, aproveite as dicas e faça uma boa calagem!


Fonte:https://blog.aegro.com.br/

53 visualizações
CONTATO

Matriz - Bela Vista- Mato Grosso do Sul.
Telefone: 67-3439.1500
Escritório Comercial - Bela Vista - Mato Grosso do Sul.

Telefone: 67-3439.1019